Pantera in Posts

Se o cursinho malvado já não me deixa mais postar com a freqüência que eu gostaria, resta um consolo: os big fishes around the world estão cada dia mais presentes na internet!

Desta vez o peixe grande é Maria Alice Vergueiro, a famosa vovó de “Tapa na Pantera”. Ela montou um blog muito legal, onde mostra que além de saber interpretar, sabe também escrever e cantar com excelência!

Sim, cantar também! O blog é feito especialmente para isso: divulgar o CD que ela gravou recentemente. Gravou, e como toda vovó moderna, colocou na internet.

Pois fica aí uma pequena citação daquilo que ela escreve e, logo abaixo, o link do blog. Serve para entreter as mosquinahs que ainda passam aqui no 42, nesses cantos obscuros da internet. ;-]

Aliás, tudo o que é moderno hoje, amanhã passa a ser antigo num segundo, e de repente eu me pergunto: e eu, assim e de repente tomada pelos rompantes da modernidade tecnológica, surtada entre torpedos, e-mails, escutando meus netos falando pelo skype, e me perguntando: vovó, aqui na sua casa tem “banda larga”? Fiquei perplexa, mas assim como os novos tempos, essa perplexidade deve durar segundos, senão a gente fica antigo também.

Porque a gente aprende sempre e todos os dias. Eu convivo com a moçada do teatro, e agora também com a moçada da música, e sempre aprendendo coisas novas, novos enfoques e modos de olhar a vida. Correr o risco, sempre, desde muito bem acompanhada.

Lírio do Inferno.

2 respostas a Pantera in Posts

  1. Rolko diz:

    Pois temos mis em comum!
    hehehe
    abraço

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: