Ilha das flores

O que coloca um humano, bípede, com polegares opositores e telencéfalo altamente desenvolvido depois dos porcos na prioridade de escolha dos alimentos?

Essa é, de certa forma, uma das perguntas que as pessoas costumam se fazer (eu pelo menos, a fiz) ao ver esses vídeos. É realmente chocante pensar que nalgum lugar aqui pertinho de nós, na nossa cidade, estado, país, tem centenas de miseráveis que recebem tratamento pior que cães domésticos (ou porcos!).

É talvez ainda mais chocante ver a crônica e generalizada indiferença em relação a isso. E não me refiro só aos tais políticos que batalham bravamente quatro dias por semana para conquistar uma posição na lista de mensaleiros do Lula, munidos apenas com alguns mil de sua verba de gabinete.

Na verdade, acho que o descaso é bem maior. O número de pessoas que realmente se importa com isso, ou ainda aqueles que trabalham para mudar a situação, é ínfimo. Quando alguém vai votar, por exemplo, raramente pensa no que os políticos prometem fazer para mudar a situação dos miseráveis.

Cada um só pensa em si, no seu própio trabalho, na sua família e pouco se importa se num lixão a céu aberto dezenas de pessoas comem restos de alimentos podres (e provas de história…).

Ceio eu que algum Che ao ler este texto imediatamente vai apontar o dedo para o “capitalismo selvagem” que devora os corações humanos e nos faz seres cruéis, bla bla bla. Eu não acho que a coisa é bem por aí. Aquilo não é culpa do capitalismo, é culpa do homem e de seu descaso completo por tudo aquilo que não lhe interessa.

É claro que essas pessoas só comem lixo porque não têm “nenhum dinheiro no bolso”, mas elas com certeza viveriam melhor se alguém realmente se importasse e, principalmente, tirasse a bunda da cadeira para fazer algo em relação a isso.

Gosto deste vídeo porque ele denuncia mais do que a miséria e o descaso (sem nem um mínimo de sensacionalismo, vale destacar). Ele nos faz pensar o que é que estamos fazendo de nossas vidas e o que queremos para este planeta.

Fica como reflexão: você trabalha para mudar este tipo de coisa?

5 respostas a Ilha das flores

  1. Rolko diz:

    Documentário muito bom!
    Já tinha assistido a muito tempo, mas foi bom revê-lo!
    xD
    Esse realmente é um grande erro humano – talvez o mais grave – comodismo.

    ^^

  2. Nem precisei ver o documentário – não tenho estômago pra isso quando acabo de acordar – pra concordar contigo.
    Infelizmente, é o nosso comodismo aliado à falta de vontade de quem está no poder que faz a situação estar do jeito que está. Caberia a nós não apenas saber votar, mas mostrar pros políticos que estamos de olho no que estão fazendo – e isso não fazemos -mea culpa, também não faço.
    E não, infelizmente não trabalho para que isso mude. Espero, quando estiver trabalhando como professora, que eu tenha condições de mostrar para pelo menos alguns dos meus alunos que eles podem sim mudar de vida, sair das condições precárias em que vivem.

    =*

  3. Proview diz:

    Realmente só reclamo, reclamo, mas fazer mesmo faço nada.

    Eu gosto de pensar q me preocupo e que faria alguma coisa se houvesse um movimento maior (ou se adiantasse), mas é puro comodismo, tipo é só p/ eu me sentir melhor!
    Esses vídeos me chocam, mas é preciso se chocar de vez em quando, para não virar costume e para não esquecer!!

    Nessas eu me pergunto também o que pode ser feito, pq mandar emails p/ deputado e ficar reclamando do Brasil para os amigos não funciona muito bem.

  4. Idril diz:

    Culpa do capitalismo não é mesmo. Desde os primórdios das primeiras grandes civilizações, houve descaso pelo quer que fosse de desinteressante para o homem; e miseráveis existiam naquelas épocas também.

    É triste ver algo do tipo acontecendo. É dose ver que a realidade simplesmente não muda. E eu não sei o que fazer para ajudar esse povo a ter uma vida melhor.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: